Search

Crítica: “13 Reasons Why” (Series Finale)



“13 Reasons Why” pode até ser chamada de “controversa” ou “polêmica”, mas o título que mais merece é o de “corajosa”. Entre tantas séries adolescentes que criam um colegial romantizado ou fantasioso, essa tem a coragem de ir fundo em problemáticas que (infelizmente) rondam tantas adolescências mundo afora.

Talvez a abordagem passe longe de ser ortodoxa e pode não ser um conteúdo para todo mundo. Mas é extremamente responsável com seus avisos de gatilho no começo de cada episódio e uma plataforma criada para oferecer ajuda aos telespectadores que possam estar passando por dilemas parecidos com os da trama. O que muitos entretenimentos bem mais problemáticos disfarçados de comédias ou dramas rasos não fazem e mesmo assim não recebem nem 1/3 das duras críticas que a série recebe desde sua 1ª Temporada.

Baseado no livro de 2007 de Jay Asher, as quatro temporadas conseguiram não só atualizar o material original para uma nova geração como também expandir a narrativa inicial para abordar ainda mais temáticas que precisam ser debatidos.

O ultimo ano fecha um ciclo de amadurecimento onde cada personagem assume as consequências de seus atos do passado e, cada um á sua maneira, tentam lidar com os traumas do passado. Ao menos no ultimo semestre tentam ser, na medida do possível, colegiais normais. O que passa longe de ser sinônimo de comportamento exemplar.

É uma temporada intensa, e não para vender um drama televisivo, mas por ir fundo na complexidade de personagens extremamente humanas. Além de trazer uma grande crítica ás falhas de um sistema educacional falido e um Estado que oprime estudantes que se recusam a aceitar injustiças.

Uma série necessária e bem escrita, que com um elenco de excepcionais atores jovens tem a sua mensagem potencializada. Do casting ás atitudes das personagens a produção sempre entregou uma constante quebra de estereótipos dos colegiais do entretenimento. E a direção e montagem da temporada final conseguem tornar a experiência ainda mais sensível que nos anos anteriores.

São 10 episódios densos de cerca de uma hora cada e um season finale de 1 hora e meia para não deixar de fora nenhuma nuance de toda a narrativa que começou em 2017. Soube bem a hora de acabar e conseguiu balancear bem diversos pontos de vista (julgue-os certos ou errados) dentro de uma mesma história.


As 4 Temporadas de “13 Reasons Why” já estão disponíveis na Netflix: https://www.netflix.com/br/title/80117470

NAVEGUE

Todas as imagens de filmes, séries, artistas, editoriais e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários e usadas aqui sem fins lucrativos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now