Search

Crítica: “Feel The Beat”


Após ver sua carreira na Broadway indo por água abaixo, a dançarina April (Sofia Carson) precisa voltar para sua cidade natal. Mas vê uma nova oportunidade de conquistar o sucesso se conseguir se destacar coreografando as alunas da escola de dança local para vencer uma disputada competição nacional.

É difícil criar altas expectativas com a produção, e talvez isso facilite uma surpresa positiva. Pois o enredo batido é desenvolvido com tanta sensibilidade que dá até para ignorar o quanto é previsível. E as incríveis cenas de dança, tanto em processo de ensaio quanto as apresentações para o concurso, não deixam de lado várias narrativas paralelas que dão complexidade para as personagens.

Os papéis anteriores de Sofia Carson (“Descendentes” e “Pretty Little Liars: The Perfectionists”) foram ingratos, mas aqui a atriz segura com garra a protagonista. Mesmo na antipatia inicial da April é fácil ser cativado pela personagem. O que é muito bem equilibrado com os alívios cômicos da divertidíssima Donna Lynne Champlin (Crazy Ex-Girfriend) como a professora de dança Barb.

O elenco infantil é um absurdo na técnica de dança e no timing cômico, frequentemente roubando a cena. É uma turma digna de uma sequência ou uma série para aprofundar melhor cada uma das personalidades plurais apresentadas na trama.

E entre um bom ritmo de montagem e uma trilha sonora animada, dá para se emocionar com dilemas sobre o preço do sucesso e responsabilidade emocional.

É para rir, chorar e querer dançar junto!


“Feel The Beat” já está disponível na Netflix: https://www.netflix.com/title/80994878

NAVEGUE

Todas as imagens de filmes, séries, artistas, editoriais e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários e usadas aqui sem fins lucrativos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now