Search

Crítica: “Reality Z”


O set do reality show “Olimpo”, que confina participantes em um espaço com temática de Deuses Gregos, se torna um dos lugares mais seguros em meio á uma pandemia zumbi já que foi projetado para ser uma fortaleza autossustentável. Mas para garantir sua estada no local é preciso enfrentar não só os monstros mortos-vivos, como também o egoísmo de alguns humanos sobreviventes.

Baseado na minissérie britânica “Dead Set” de 2008, a nova produção nacional da Netflix estreia em um momentum que a faz ficar na linha tênue entre a ironia e a insensibilidade. Do mesmo criador de Black Mirror (Charlie Brooker), a versão original teve apenas 5 episódios e assumia o reality show da trama como o próprio “Big Brother”.

Não é um material para se esperar profundidade, mas a adaptação de Claudio Torres (“O Homem do Futuro”) se perde entre tentativas falhas de comédia grosseira e repetições de clichês das ficções pós-apocalipticas.

É difícil inovar na formula de Zombies depois de mais de uma década sendo saturada na TV e no cinema, mas, diferente de um “The Walking Dead” ou até mesmo a precocemente cancelada “Daybreak” (confira a nossa crítica aqui) da própria Netflix, essa produção não pareceu ter uma proposta bem definida e acabou por ser só mais do mesmo.

Da para elogiar a qualidade da Maquiagem e os Efeitos visuais quase que hollywoodianos, mas não é o bastante para ignorara uma narrativa tão pobre. Personagens vão surgindo e sendo descartados aleatoriamente, o que quase não faz diferença já que a combinação de diálogos rasos e atuações medianas nem fazem ser possível criar interesse por algum dos plots apresentados.

São 10 episódios com duração média de 30 minutos cada de uma história que não chega a lugar algum. São esboçadas certas críticas sociais ao escancarar que a desigualdade e a hipocrisia não são deixadas de lado nem em meio á algo absurdo como um ataque zumbi, mas o desenvolvimento disso é deixado de lado para explorar apenas um insignificante cenário caótico.

Pode ser um bom investimento de tempo despretensioso em meio a essa escassez de lançamentos no catalogo do serviço de streaming, mas é triste ver uma produção nacional que não pareceu ter um baixo orçamento entregando apenas um entretenimento vazio.


A 1ª Temporada de “Reality Z” já esta disponível na Netflix: https://www.netflix.com/br/title/81003028

NAVEGUE

Todas as imagens de filmes, séries, artistas, editoriais e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários e usadas aqui sem fins lucrativos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now