Search
  • DARA

Todos Precisam Maratonar: Sharp Objects



Sharp Objects causou o maior choque já vivido por mim como espectadora. 

A série, baseada no livro de Gillian Flynn, era para ser um filme, mas foi transformada em uma série de 8 episódios para que fosse possível desenvolver os personagens como mereciam. E ainda bem. Se eu pudesse, queria esquecer de cada segundo da série para poder ver de novo pela primeira vez. 


Camille Preaker (Amy Adams) é jornalista em St. Louis, Missouri. Completamente afastada da família, Camille já não ia em sua cidade natal, Wind Gap, há uns 10 anos. Até que após a ocorrência do assassinato e desaparecimento de duas meninas, o editor-chefe do jornal para o qual ela escreve a manda para lá em busca de uma história e, com esperança, de uma cura para os traumas e fantasmas que Camille enfrenta diariamente. 


Chegando na cidade, Camille reencontra a mãe, o padrasto, a irmã mais nova, Amma (Eliza Scanlen, que roubou meu coração), que ela nem sequer reconhece e a memória fúnebre de sua outra irmã, Marian, que morreu quando criança. Os corredores da casa onde cresceu são os ossos do trauma, do vazio e da angústia. Cada canto, cada som, cada cor carrega o pesar do luto e dos segredos que criam esse ambiente repressivo e sufocante.  


A história se desenrola num emaranhado de conexões entre os crimes ocorridos e o trauma da cidade com os traumas da própria Camille. O meio cria as doenças e a escuridão que assolam a cidade e a vida privada de cada membro dessa comunidade. A dor, às vezes, parece ser um conforto. É uma narrativa sobre o adoecimento da mente, sobre confiança, família e o que é o amor para cada um. O que é controle, também. E que, às vezes, tudo isso caminha junto, à passos curtos e de braços dados.


O que me deixou completamente hipnotizada pela série foi a forma como cada detalhe - da direção de arte à trilha sonora - constrói a ambiência perfeita para que a história seja contada. É inteligente, envolvente, chocante. Acaba com toda e qualquer expectativa que se possa ter sobre a história. Quer plot twist? Quer construção de personagem? Quer trilha sonora pra vida inteira? Tem tudo. Quando alguma outra coisa chegar nesse nível, volto aqui pra dizer pra vocês, mas acho que vai demorar.



NAVEGUE

Todas as imagens de filmes, séries, artistas, editoriais e etc são marcas registradas dos seus respectivos proprietários e usadas aqui sem fins lucrativos.

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now